Quatro Atibaienses Recebem Graduação de Faixa Preta em Mauá e Retorno dos Atibaienses do Estagio Técnico/Cultural no Japão

Posted on out 23, 2019 in APAJA NEWS | 0 comments

No dia 19 de outubro, nas dependências do Ginásio Municipal Poliesportivo “Celso Daniel” em Mauá, o judô de Atibaia representado pela equipe do São João Tênis Clube/Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA participou mais uma vez do maior exame de graduação do Brasil.

O grandioso evento, chancelado pela Confederação Brasileira de Judô, através da Federação Paulista de Judô foi dividido em 18 áreas, entre os departamentos técnico e de graduação que examinou 357 candidatos, dois quais 279 foram aprovados e graduou mais 78 faixas pretas pelo sistema de ranqueamento do 1º dan (sho-dan) ao 5º (go-dan).

Entre os candidatos, estavam acompanhados pela professora Angélica da Silva os judocas atibaienses Alex Silva, Francielle Watanabe (Colégio Objetivo e Rest. Sankô), Irineu Rosa e Vinícius Rosa, que após a apresentação curricular e, consequentemente ficarem aptos para a avaliação técnica, foram aprovados e receberam com muita honra a nova graduação de faixa preta 1ºDan. Irineu e Vinícius são respectivamente pai e filho, o que mostra os princípios e benefícios da modalidade em todas as faixas etárias.

Parabéns aos quatro novos faixas pretas de Atibaia por engrandecer e fortalecer o judô atibaiense.

faixas-preta

faixas-preta

 

No último dia 20, três judocas da equipe do São João Tênis Clube/Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA, o técnico oficial da equipe masculina Paulo Alvim (Pi), os atletas Felipe Breitenbach, Ana Beatriz da Silva Santos e mais dois atletas que tiveram sua formação em Atibaia e hoje fazem parte de grandes equipes do judô paulista, Gabriel Bondezan de Freitas (Club Athletico Paulistano) e Beatriz Furtado (Esporte Clube Pinheiros), aproveitaram o dia livre do estágio técnico/cultural  da parceria entre Ajinomoto do Brasil e Federação Paulista de Judô, para visitar alguns pontos turísticos e culturais.

A visita contemplou o  Templo Sensō-ji, localizado no bairro Asakusa, o templo budista mais antigo de Tóquio, construído por volta do ano 645 dC, a Tokyo Skytree, uma torre inaugurada em 2012 com 634 metros de altura, a estrutura mais alta do Japão e a segunda maior do mundo, da qual possui um mirante todo envidraçado com uma vista panorâmica  espetacular.

Templo-Sensō-ji

 

Terminaram a visitação com chave de ouro no Museu do Judô do Instituto Kodokan, que exibe vários materiais históricos, como uma coleção de documentos, fotos e objetos associados à história do Judô Kodokan, o salão Memorial Jigoro Kano com artefatos relacionados ao próprio Jigoro Kano, como o seu primeiro kimono, desgastado e rasgado devido ao grande uso, mas que está meticulosamente consertado, enfim, um banho de historia.

Na noite de segunda-feira, dia 21, após inesquecíveis dias de estágio técnico/cultural, embarcaram de volta pra casa.

delegação-federação-paulista-judô-aeroporto-Narita-retorno-brasil

Os judocas agradecem a Concessionária Rota das Bandeiras, Hotel Bourbon Atibaia, Estruturas Metálicas Ando, CORA – Centro de Ortopedia e Reabilitação Atibaia, Colégio Objetivo, Centro Universitário UNIFAAT, Colégio Atibaia, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapia e Reabilitação Esportiva Sérgio Nery, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Academia R Sette, NUTRIVIAL – CONSULTORIA EM NUTRIÇÃO, Preparador Físico Roger Fonseca, Psicóloga – Rubiana Shimoda, Centro Radiológico Atibaia – Alvinópolis, Imprensa de Atibaia e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *